BioGeogilde Weblog

Blog de apoio e complemento às aulas de Ciências Naturais, Biologia Geologia e Biologia

As Catástrofes 18 de Abril de 2012

Gentilmente cedido pela professora Ana Rita Lima

Anúncios
 

Abraçar Sustentabilidade 5 de Junho de 2011

 

Os perigos dos sacos de plástico 30 de Maio de 2011

Filed under: 11ºAno,12º Ano,9ºAno — Prof. Cristina Vitória @ 21:36
Tags: ,

 

Registada existência de lontras no Estuário do Douro 7 de Fevereiro de 2011

Pela primeira vez, uma lontra foi fotografada na Reserva Natural Local do Estuário do Douro, em Gaia, o que significa que a população desta espécie «é mais abundante do que se pensava».

O director da empresa municipal Parque Biológico de Gaia, Nuno Oliveira, afirmou hoje que «a fotografia foi tirada por um guarda de uma obra, a decorrer no Canidelo, através do telemóvel, mas não oferece dúvidas de que se trata de uma lontra».

Nuno Oliveira referiu que a lontra estava a passar do rio para os campos quando foi fotografada.

Questionado se a lontra vive bem com a poluição, Nuno Oliveira respondeu que a espécie «aguenta bem alguma poluição» e, ali no estuário, «tem muita oferta de alimento». (more…)

 

Gases com efeito de estufa suspendem ciclo natural de arrefecimento do Árctico 5 de Setembro de 2009

arrefecimento articoEstudo publicado na revista “Science”

Os gases com efeito de estufa trocaram as voltas ao Árctico e empurraram as suas temperaturas para os níveis mais altos dos últimos dois mil anos, suspendendo um ciclo natural de arrefecimento que deveria ter durado mais quatro mil, segundo um estudo internacional publicado hoje na revista “Science”.

A equipa de cientistas, financiada pela National Science Foundation, estudou as temperaturas sentidas nos últimos dois mil anos daquela região. Até agora apenas existiam dados relativos aos últimos 400 anos. Para isso analisou os sedimentos acumulados em cerca de 20 lagos, os anéis das árvores e os gelos. Estas informações eram tão detalhadas que foi possível reconstruir as temperaturas passadas década por década. Os resultados poderão acicatar o debate entre cépticos e não cépticos das alterações climáticas.

A poluição libertada pela acção humana pôs um fim ao ciclo de arrefecimento que começou há oito mil anos, quando o eixo de rotação da Terra sofreu uma oscilação que a distanciou do Sol. O Árctico passou, então, a receber menos energia solar durante o Verão. As temperaturas do Árctico durante esse período desceram a uma média de 0,2 graus Célsius por século. (more…)