BioGeogilde Weblog

Blog de apoio e complemento às aulas de Ciências Naturais, Biologia Geologia e Biologia

Bactérias: Um micromundo dentro de cada um 3 de Abril de 2012

É do conhecimento geral que existem seres vivos microscópicos designados por bactérias. A tendência é pensar nestes seres como prejudiciais, causadores de doenças ou responsáveis pela degradação de alimentos, por exemplo. Mas sendo tudo isto verdade, começamos hoje a perceber também a sua importância fundamental na protecção da nossa saúde.

Na realidade, temos dentro do nosso tubo digestivo uma quantidade astronómica destes organismos. Estima-se que o número seja cerca de dez vezes superior ao número de células em cada um de nós, qualquer coisa como cem biliões de seres vivos!

Curiosamente, todos nascemos com o nosso tubo digestivo livre de bactérias, mas logo após iniciarmos a amamentação, começamos a ser colonizados por aquelas que foram seleccionadas pela nossa mãe num processo admirável que leva cada microorganismo do seu intestino para o leite e depois para o bebé.

Em pouco tempo formamos a nossa colónia numerosa, específica de cada indivíduo quase como uma impressão digital, mas que pode variar em função da nossa alimentação, sobretudo.

O papel deste verdadeiro ecossistema que existe no nosso intestino é muito variado e reconhecemos-lhe uma importância cada vez maior. Tal como se fosse um órgão adicional, que evolui connosco há milhares de anos, as bactérias regulam o nosso sistema imune, ajudam a proteger-nos de doenças, equilibram o nosso metabolismo energético, auxiliam na digestão alguns alimentos e na absorção dos seus componentes e produzem mesmo nutrientes como a vitamina B12 , a biotina ou a vitamina K. (more…)

Anúncios
 

Dicionário dos Alimentos – B de Batata-doce 8 de Janeiro de 2012

Já diz o ditado popular que “santos da casa não fazem milagres” e no que concerne aos nossos alimentos, a batata-doce é um bom exemplo de um produto com origem nacional e um potencial incrível mas que é quase um parente pobre das nossas escolhas alimentares quotidianas.

Sendo igualmente produzida na Madeira, foi a produção de batata-doce de Aljezur recentemente classificada como produto de indicação geográfica protegida – o que de resto é o corolário de uma íntima ligação que tem prelúdio na própria conquista desta cidade aos mouros. Reza então a lenda que a razão da tenacidade e robustez das nossas tropas na invasão e conquista do castelo de Aljezur teve origem numa poção vitamínica mágica: nem mais nem menos do que a hoje muito badalada feijoada de batata-doce de Aljezur.

A batata-doce é assim uma autêntica ode à vitamina A, sendo apenas superada pela cenoura no que a produtos de origem vegetal diz respeito, e com a vantagem de possuir ainda níveis superiores de vitamina E, C e Magnésio. Sendo certo que a quantidade de hidratos de carbono que possui coloca a batata-doce na dimensão nutricional da batata, arroz e massas alimentícias, é também uma realidade que quer na quantidade de fibra, quer nas vitaminas lipossolúveis e minerais, a batata-doce ganha “aos pontos” aos seus congéneres “farináceos”. Sendo muita desta quantidade astronómica de vitamina A proveniente de carotenos, a sua acção sinérgica com as antocianinas, para além de conferem à batata-doce (more…)