BioGeogilde Weblog

Blog de apoio e complemento às aulas de Ciências Naturais, Biologia Geologia e Biologia

Biodiversidade 18 de Outubro de 2011

Filed under: 8ºAno — Prof. Cristina Vitória @ 11:04
Tags: , , , , ,

Anúncios
 

Como o pénis perdeu as espinhas e o que mudou por isso 10 de Março de 2011

Estudo sobre evolução humana – O que faz com que os seres humanos tenham um aspecto distinto, tão facilmente identificável por outro ser humano? O segredo, estão os cientistas a descobrir, está na regulação da actividade dos genes, tal como um cozinheiro põe mais ou menos pimenta. Hoje, uma equipa relata na revista Nature ter identificado centenas de eventos moleculares com impacto na evolução humana. Entre eles, o que fez com que desaparecessem as espinhas queratinosas do pénis nos humanos.

A equipa de Gill Bejerano e David Kingsley, da Universidade de Stanford (EUA) beneficiou da última década de avanços da sequenciação genómica, que oferece já um leque vasto de espécies cujos genomas podem ser comparados. “A tecnologia permite-nos comparar os genomas de humanos e outros mamíferos e procurar o que nos torna únicos”, comentou Philip Reno, da Universidade da Pensilvânia, um dos autores do trabalho, citado num comunicado. “E podemos relacionar essa informação com características físicas humanas específicas.”

Usando a genómica comparativa, a equipa identificou 510 sequências genéticas muito conservadas em todas as espécies de mamíferos, inclusivamente nos chimpanzés (os nossos parentes mais próximos), mas que estão ausentes no genoma humano. São sequências de ADN que, se forem encaradas como palavras, escrevem instruções regulatórias, que influenciam a actividade dos genes. (more…)

 

Planeta caminha para nova extinção em massa 7 de Março de 2011

Seres vivos actuais não enfrentam fenómeno tão catastrófico como dinossauros

Um estudo, publicado ontem na revista científica «Nature», alerta para o facto de podermos estar a caminhar para uma nova extinção em massa. No entanto, ressalva que os seres vivos actuais não enfrentam um fenómeno tão catastrófico como o dos dinossauros.

Chamada de «Sexta Extinção» devido às «Big Five», como são conhecidas as cinco grandes extinções da história do planeta que exterminaram três quartos das espécies do planeta. A investigação, coordenado por Anthony Barnosky, da Universidade da Califórnia em Berkeley, calcula que, nos últimos 500 anos, perderam-se “apenas” entre um e dois por cento dos seres vivos modernos.
Contudo, a análise de fósseis de seres vivos sugere que, no máximo, duas espécies do grupo desapareciam a cada milhão de anos – antes da civilização humana. O estudo deixa, apesar de tudo, bem claro que existe incertezas nas contagens. Por exemplo, as espécies de mamíferos ‘abatidas’, do ano de 1500 até agora, foram 80 – o que é considerado uma aceleração brutal. (more…)

 

Descobertas 200 Novas Espécies na Papuásia-Nova Guiné 7 de Outubro de 2010

Filed under: 11ºAno,Notícias da Ciência — Prof. Cristina Vitória @ 09:35
Tags: , , , ,

Rãs com dois centímetros, formigas de cabeça gigante, insectos semelhantes a grilos de cor verde-esmeralda e um género novo de um mamífero roedor. Estas foram algumas das mais de 200 espécies descobertas na Papuásia-Nova Guiné por uma equipa internacional de cientistas.

A expedição organizada pela Conservational International (CI) decorreu durante dois meses em 2009 e percorreu duas montanhas de ilhas diferentes do país que se mantêm protegidas da exploração humana e desconhecidas da ciência por serem tão inacessíveis.

“Estas descobertas devem servir como uma mensagem de cautela sobre o muito que ainda desconhecemos dos locais escondidos na Terra e que só conseguiremos preservá-los através de uma gestão coordenada e de longa-duração”, explicou Leeanne Alonso, director do Grupo de Avaliação Rápida da CI, que desde 1990 faz estudos para identificar locais ricos em espécies. (more…)

 

«Top 10» das espécies descobertas em 2009 27 de Maio de 2010

A lista pretende chamar a atenção para a importância da biodiversidade.

O Instituto Internacional de Exploração de Espécies (IISE, siglas no original em inglês), da Universidade do Arizona, já divulgou as espécies descobertas e registadas em 2009. Um peixe rã com aparência psicadélica e uma esponja carnívora encontram-se entre as dez descobertas mais importantes. Esta lista é realizada todos os anos pelo instituto citado e por um comité internacional de taxonomistas.

Em comunicado, o instituto explica que “o destaque que se dá a dez espécies pretende chamar a atenção, de uma forma divertida, para a importância dos museus de História Natural, dos Jardins Botânicos e para o tema da biodiversidade”.

Quentin Wheeler, director do IISE, explica que “classificar espécies de todo o mundo e as suas características únicas são parte fundamental para entender a história da vida. Interessa-nos para enfrentarmos o desafio de viver num planeta em constante mudança”. (more…)

 

ONU lança hoje catálogo com mais de um milhão de espécies 19 de Maio de 2010

Filed under: 11ºAno,Notícias da Ciência — Prof. Cristina Vitória @ 13:23
Tags: , , ,

Quantas espécies de animais e plantas existem no planeta é uma pergunta ainda sem resposta. A ONU quer ajudar a resolver este “mistério” e lança hoje numa conferência sobre biodiversidade, no Quénia, aquela que diz ser a lista mais completa, com mais de 1,25 milhões de espécies.

Actualmente, as estimativas apontam para valores que variam entre os dois milhões e os cem milhões de espécies. Mas apenas estão descobertas para a ciência 1,9 milhões.

Agora, o Catálogo da Vida 2010, reconhecido pela Convenção para a Diversidade Biológica, assume-se como a lista mais completa de sempre, com 1,257,735 espécies de plantas, animais, fungos e microrganismos, com um total de 2,369.883 nomes que lhe estão associados.

Este é um trabalho coordenado por Frank Bisby, da Escola de Ciências Biológicas na Universidade britânica de Reading, e resulta do esforço de 82 organizações espalhadas por todo o mundo. (more…)

 

Primeiro ninho de flamingos confirmado em Portugal 14 de Maio de 2010

Lagoa dos Salgados, no Algarve, foi local escolhido pela ave.

A Lagoa dos Salgados, um dos sítios mais importantes do Algarve para a conservação das aves, tem a partir de agora mais um motivo de interesse: foram observados flamingos a nidificar, estando neste momento a incubar os ovos. A registar-se o sucesso da reprodução, será o primeiro caso confirmado em Portugal de nidificação desta espécie emblemática, e mais um factor decisivo para a protecção da Lagoa dos Salgados.
O Flamingo (Phoenicopterus roseus), ave pernalta de cor rosa, é uma das espécies que mais chama a atenção aos observadores. A espécie chegou a estar ameaçada, mas um enorme esforço de conservação em vários países resultou na recuperação das populações, que agora embelezam lagoas, salinas, estuários ou sapais do Sul da Europa e do Norte de África. É uma ave relativamente comum no Inverno nas zonas húmidas litorais desde o estuário do Tejo até ao Algarve, no entanto só por uma vez foi registada a tentativa de nidificação no pais, nos sapais de Castro Marim, na década de 1980.

A Lagoa dos Salgados é uma lagoa costeira entre os concelhos de Albufeira e de Silves, e que até à data não tem nenhum estatuto de protecção legal. É no entanto um sítio de grande interesse, constantemente visitado por observadores de aves e turistas nacionais e estrangeiros, que não prescindem de uma visita a este local onde se podem observar dezenas de espécies de aves. (more…)