BioGeogilde Weblog

Blog de apoio e complemento às aulas de Ciências Naturais, Biologia Geologia e Biologia

Insólito: Não se meta com este urso… 27 de Maio de 2010

As imagens são incríveis: um urso preto asiático, de nome “Nuvem”, a fazer Kung Fu com um pau. Tudo se passou no jardim zoológico de Asa, Hiroshima, onde um visitante gravou este vídeo e o colocou no YouTube. A cena é tão insólita que tem feito um enorme sucesso no site de partilha de vídeos.

Segundo o Professor Marc Bekoff, especialista em comportamento animal da Universidade do Colorado, EUA, as imagens aparentam ser verdadeira, como declarou ao jornal britânico Telegraph. “Este é um exemplo fantástico do controlo de objectos por animais”, afirmou ao jornal. O jardim zoológico também confimou que as imagens são verdadeiras.

Revista Sábado 27/05/10

Anúncios
 

«Top 10» das espécies descobertas em 2009

A lista pretende chamar a atenção para a importância da biodiversidade.

O Instituto Internacional de Exploração de Espécies (IISE, siglas no original em inglês), da Universidade do Arizona, já divulgou as espécies descobertas e registadas em 2009. Um peixe rã com aparência psicadélica e uma esponja carnívora encontram-se entre as dez descobertas mais importantes. Esta lista é realizada todos os anos pelo instituto citado e por um comité internacional de taxonomistas.

Em comunicado, o instituto explica que “o destaque que se dá a dez espécies pretende chamar a atenção, de uma forma divertida, para a importância dos museus de História Natural, dos Jardins Botânicos e para o tema da biodiversidade”.

Quentin Wheeler, director do IISE, explica que “classificar espécies de todo o mundo e as suas características únicas são parte fundamental para entender a história da vida. Interessa-nos para enfrentarmos o desafio de viver num planeta em constante mudança”. (more…)

 

As probabilidades estão do lado de Darwin

A vida tem um antepassado comum? Sim. Dizem a teoria da evolução no século XIX, a genética do século XX e a estatística de hoje.

Há poucos dias Craig Venter mostrou ter sintetizado um genoma artificial, que foi introduzido dentro de uma célula bacteriana, e foi capaz de desencadear o movimento da vida. Bravo. Mas o código genético que utilizou não foi inventado por ele. É partilhado por todos os organismos da Terra, tem pelo menos 3,5 mil milhões de anos, e une-nos desde sempre, apesar de só termos tido consciência disso no século XIX, quando Charles Darwin se lembrou de desenhar no seu caderno de apontamentos a primeira árvore evolutiva e escreveu por cima “I think”.

O evolucionista pensou, desenhou, teorizou. Adeus criacionismo e Adão e Eva, adeus teoria da geração espontânea. Olá evolução e primos chimpanzés. Ao longo do século XIX e XX a evolução continuou a ganhar argumentos. A demonstração das características hereditárias que Gregor Mendel fez com as ervilhas, a descoberta da cadeia dupla de ADN e a conclusão de que o código genético é quase universal, ou seja, que os organismos usam o mesmo dicionário para traduzir a informação que está no ADN para as proteínas, confirmaram o que a teoria de Darwin previa. (more…)

 

Crocodilos da Mauritânia adaptam-se a climas extremos 25 de Maio de 2010

Filed under: 11ºAno,Notícias da Ciência — Prof. Cristina Vitória @ 14:15
Tags: , , , , , , , ,

Investigadores portugueses estão a monitorizar populações que se julgavam extintas.

Quando saem da água são mortos. Dentro dos lagos e gueltas, os crocodilos são protegidos pela população da Mauritânia. Um crocodilo fora de água é sinónimo de seca, o medo que atormenta os homens dependentes do gado e das colheitas.

Há quatro mil anos atrás, a seca causou uma grande alteração na paisagem: a vegetação escasseou, os lagos desapareceram e o verde deu lugar ao castanho do solo árido. Os crocodilos perderam os habitats e com a seca da década de 1970, os investigadores acreditavam que restavam apenas três populações de crocodilos no norte do continente africano − no Chade, no Egipto e em Marrocos.

Uma equipa de investigadores do Centro Interdisciplinar em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO) fez-se à estrada. Cruzaram o Estreito de Gibraltar e atravessaram o Sahara Ocidental para descobrir populações de crocodilos num país que mescla o deserto com o Atlântico. (more…)

 

Nasceu a primeira forma de vida artificial 21 de Maio de 2010

Uma bactéria, comandada por uma molécula de ADN sintético, conseguiu reproduzir-se da forma mais natural. O resultado, publicado na revista Science, tem aplicações e implicações – científicas e filosóficas – ainda em grande parte desconhecidas.

Na fotografia, as células, com uns 70 micrómetros de diâmetro, parecem diminutos ovos estrelados com a gema azul. Graças a isso, sabemos que não estamos a olhar para uns microrganismos quaisquer, mas para as bactérias criadas por cientistas no laboratório. Vida artificial, fabricada de raiz num pratinho de vidro, a partir dos seus componentes genéticos elementares.

A nova bactéria foi feita “a partir de quatro frascos de compostos químicos”, gosta de repetir Craig Venter nas entrevistas que tem concedido à imprensa (sob embargo) nos últimos dias. Com os seus colegas, o conhecido “caça-genes” norte-americano acaba de inaugurar oficialmente a “era da biologia sintética”. Cada um desses quatro “frascos”, entenda-se, contém uma das “letras” do “alfabeto” com que se escreve o ADN – A, T, G, C –, as moléculas de base que compõem esse grande livro da vida genético. (more…)

 

Quanta água corre nos oceanos? 20 de Maio de 2010

Novas técnicas comprovam que volume dos mares da Terra é menor do que se pensava.

1 332 milhões de quilómetros cúbicos é a quantidade total de água que contêm os oceanos na terra.

Os dados são resultado de um estudo realizado pela Woods Hole Oceanographic Institution, em Massachussetts, uma instituição privada que desde 1930 se dedica a investigar as relações entre as massas de água e o resto do nosso planeta.

Matthew Charette, membro da equipa encarregada de auditar os mares da Terra garante que “quem quiser saber quanta água existe no mundo e procurar no Google encontra cinco números diferentes, a maioria valores de há 30 ou 40 anos”.

Através de medições com satélites, os cientistas conseguiram reunir os dados mais precisos até agora sobre o volume de água nos oceanos. Os resultados da investigação foram publicados na Oceanography.

Os resultados são surpreendentes. O volume total dos oceanos (1 332 milhões de quilómetros cúbicos) é menor do que se pensava. A diferença, mesmo que seja apenas 0,3 por cento menor do que se calculou há três décadas, representa o volume equivalente a cinco vezes o Golfo do México. (more…)

 

ONU lança hoje catálogo com mais de um milhão de espécies 19 de Maio de 2010

Filed under: 11ºAno,Notícias da Ciência — Prof. Cristina Vitória @ 13:23
Tags: , , ,

Quantas espécies de animais e plantas existem no planeta é uma pergunta ainda sem resposta. A ONU quer ajudar a resolver este “mistério” e lança hoje numa conferência sobre biodiversidade, no Quénia, aquela que diz ser a lista mais completa, com mais de 1,25 milhões de espécies.

Actualmente, as estimativas apontam para valores que variam entre os dois milhões e os cem milhões de espécies. Mas apenas estão descobertas para a ciência 1,9 milhões.

Agora, o Catálogo da Vida 2010, reconhecido pela Convenção para a Diversidade Biológica, assume-se como a lista mais completa de sempre, com 1,257,735 espécies de plantas, animais, fungos e microrganismos, com um total de 2,369.883 nomes que lhe estão associados.

Este é um trabalho coordenado por Frank Bisby, da Escola de Ciências Biológicas na Universidade britânica de Reading, e resulta do esforço de 82 organizações espalhadas por todo o mundo. (more…)